Categorias
Pensamentos

Minha experiência com o aprendizado de idiomas

Minha aventura como um poliglota

Desde pequeno, minha experiência com idiomas tem sido bastante boa. Apesar de ter nascido e crescido no Brasil, sou descendente de alemães, e com uma família falante do idioma, foi inevitável meu aprendizado do idioma. Tanto que o dialeto do alemão que a gente fala em casa foi o meu primeiro idioma, aprendi a falar antes mesmo do português, que é a língua nativa. E só fui aprender o português quando fui entrar na pré escola. E quando voltava pra casa da pré escola eu conta a meus pais que era zoado pelos meus colegas por falar um idioma diferente do que todos os outros falavam. Com o tempo, felizmente, as coisas foram mudando. Saber um idioma diferente não era mais tão anormal assim. Com o tempo, foi se tornando regra as pessoas terem de aprender uma segunda língua para fazer qualquer coisa. assistir filmes e séries sem legenda e sem dublagem, viajar para o exterior, conversar com pessoas que vinham de outros países. Enfim, era algo normal.

Quando entrei para o ensino médio, ou talvez até antes, comecei a gostar de músicas em inglês, filmes e séries em inglês e a consumir conteúdos diversos como vídeos do Youtube em inglês. Comecei a imersão nesse idioma que até não muito tempo antes eu não dava a mínima importância. Como eu estava aprendendo inglês na escola, era natural eu começar a consumir todo tipo de conteúdo nesse idioma. Porém, o que eu aprendia na escola não passava do básico, não era incentivado a prática da conversação, por exemplo. E dá pra entender o por que. Com uma turma relativamente grande, ficava difícil monitorar o desempenho dos alunos, como cada um estava se saindo. A única maneira de testar os conhecimentos dos alunos era por meio de uma prova escrita. Nada de conversação. Nem de listening. Tanto que eu somente fui aprender mais de ingles pela internet, consumindo conteúdo pelo youtube, por músicas e filmes, com legenda, procurando saber o que significava determinada palavra que eu nunca tinha visto antes. Com o tempo eu já não precisava mais de legendas. Eu já entendia quase tudo o que os personagens falavam, o que as pessoas nos vídeos do youtube falavam sem precisar de um dicionário do lado ou de um tradutor online. Foi mais um passo rumo à fluência. Não sou 100% fluente em inglês, mas já consigo me virar bem no idioma.

Agora, depois que eu já tinha um conhecimento mais aprimorado de inglês, eu já conseguia conseguia consumir uma gama maior de conteúdos disponíveis somente em inglês. E isso naturalmente me facilitou na hora de aprender outras coisas também, como novas habilidades, como edição de vídeos e fotos, com tutoriais que são bem mais fáceis de encontrar em inglês, e muitos desses conteúdos em inglês são muito bem explicados e de fácil entendimento. Apesar de eu ter uma gama enorme de conteúdos que eu consumo em inglês, que é pra que eu uso mais o idioma atualmente, eu não me contentei em saber ‘somente’ esses idiomas que eu já sabia. Comecei a aprender também coreano, que, não vou negar, comecei a gostar por meio do kpop e de filmes e dramas coreanos. É o mesmo processo de quando eu comecei a aprender inglês. Claro que mais pra frente eu vou poder usar essa minha nova habilidade para outras coisas também, inclusive no lado profissional. Mas por enquanto eu inevitavelmente só vou estar usando para assistir filmes e séries em coreano mesmo. E como era de se esperar, estou aprendendo coreano com ajuda de uma tutora coreana que tem como segundo idioma o inglês. Esse é nosso idioma em comum. Olha aí minhas habilidades linguísticas entrando em ação 😉

Uma coisa que eu posso dizer sobre isso é que eu não achava que eu fosse me ver na mesma posição de alguns anos atrás. Um jovem assistindo um filme em um idioma que estou apenas começando a aprender, um idioma que até o momento só sei algumas palavras soltas e algumas frases básicas de apresentação. 안녕하세요, 저는 브라질 사람 입니다. Espero que com o tempo eu consiga desenvolver minhas habilidades o suficiente para pelo menos manter uma conversa com nativos e talvez até quem sabe trabalhar com algo relacionado com o idioma. Por enquanto só me resta me esforçar até eu chegar lá.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s